Brasileiros decidem suas vidas na Libertadores

Copa Libertadores

 

 

Brasileiros decidem suas vidas na Libertadores

O São Paulo é o primeiro brasileiro a entrar em campo para decidir a vaga nas quartas de final. Também foi a única equipe que venceu na partida de ida. E não foi qualquer vitória, foi um acachapante 4-0. A melhor atuação do tricolor paulista na temporada, que os deixa com um pé nas quartas de final.

A inconsistência tem sido a maior marca da temporada são-paulina. Enquanto venceram o Toluca por 4-0, quatro dias atrás tinham sido eliminados do Paulistão, com uma derrota por 4-1 para o Audax. Além disso, o tricolor ainda não conseguiu fazer repetir as boas partidas que tem feito em casa pela Libertadores, fora dela. Em 2016, ainda não venceram longe do Morumbi.

Já o Toluca, vive o pior momento de sua temporada. Fizeram uma ótima primeira fase, mas, enquanto iam bem na Libertadores, no Campeonato Mexicano as coisas não andavam boas. Na competição naciona, o Toluca amarga a 11ª colocação. Em suas últimas quatro partidas, os mexicanos sofreram três derrotas e venceram apenas uma, contra o América do México.

Superaposta

Códigos de bônus: SuperApostar

Para classificarem, terão de esquecer a má fase e vencer o São Paulo por quatro ou mais gols de diferença para conquistarem a classificação. Algo que ainda não aconteceu com o São Paulo em 2016. Curiosamente, o tricolor do Morumbi sofre poucos gols fora de casa. Na temporada, sofreram mais de um gol apenas duas vezes (0-2 para o Corinthians e 1-4 para o Audax).

O ataque do Toluca também não tem tantas armas assim, para causar o dano necessário no São Paulo. Em 2016, fizeram mais de dois gols, jogando em casa, apenas duas vezes (4-2 no Veracruz e 3-0 no Dorados Sinaloa). Contra o tricolor, precisarão de mais poder de fogo para chegarem à classificação.

Com os retornos de Dênis e Calleri, e sem novos desfalques, Bauza deve levar um time bastante parecido ao que enfrentou o The Strongest na altitude, pela última rodada da fase de grupos. Assim como na Bolívia, Ganso deve iniciar no banco e o São Paulo deve jogar num 4-3-2-1, com Dênis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio, Mena; Thiago Mendes, Hudson e Wesley; Kelvin e Michel Bastos; Calleri.

Comece já a ganhar com a SuperAposta, cadastre-se e beneficie dos nossos fantásticos bônus de boas vindas.

Também na quarta-feira, um pouco mais tarde, o Corinthians enfrenta o Nacional do Uruguai. Após empatarem por 0-0 em Montevideo, chegou a hora do Timão decidir a classificação junto de sua torcida, onde eles têm ótimo aproveitamento.

Superaposta

Códigos de bônus: SuperApostar

Entretanto, em jogos decisivos de mata-mata, o desempenho é mais fraco. Desde que inauguraram a Arena Corinthians, o alvinegro decidiu seis confrontos eliminatórios lá: venceu dois (Ponte Preta e Red Bull Brasil, ambos em quartas de finais do Paulistão) e perdeu quatro (Palmeiras e Audax, em semifinais do Paulistão; Santos, pela Copa do Brasil e Guarani do Paraguai, nas oitavas da Libertadores do ano passado).

Isso pode ser motivo de alento para o Nacional, que, no primeiro jogo, demonstrou argumentos para bater o Corinthians. Criaram oportunidades, mas não conseguiram colocar a bola no gol. Agora, precisarão de um empate com gols ou vitória – resultado que aconteceu em seis dos últimos oito jogos do time uruguaio.

Mesmo não estando em sua melhor fase, o Timão segue com um bom retrospecto na temporada. Até aqui, venceram 16, empataram 5 e perderam apenas 3. A invencibilidade dentro da Arena Corinthians também segue intacta: 12 vitórias e 1 empate (três vitórias em três jogos, pela Libertadores), jogando lá em 2016. Triunfos, em casa, que deixaram o Timão com a primeira colocação do Grupo 8.

Já o Nacional não teve um desempenho nem perto do Timão. Entretanto, fora do Uruguai eles foram bem. De três jogos pela Libertadores, os uruguaios venceram um (2-1 no Palmeiras) e empataram os outros dois (2-2 com o River Plate e 1-1 com o Rosario Central). Caso repita, os três resultados classificariam o Nacional nesta quarta.

A volta de Giovanni Augusto é o maior incentivo para a torcida corintiana. O meia não atuava desde o dia 16 de abril, quando o time teve sua última grande atuação. Mesmo sem ter condições de jogar os 90 minutos, Giovanni deve iniciar a partida, que também conta com: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique; Giovanni Augusto, Elias, Rodriguinho e Lucca; André.

Superaposta

Códigos de bônus: SuperApostar

SuperAposta, faça já a sua!

Já, na quinta-feira, quem decide sua vida na Copa Libertadores é o Grêmio. O tricolor vai à Rosario, enfrentar o Rosario Central e tentar reverter o 1 a 0 sofrido dentro de sua Arena.

Dos brasileiros, o Grêmio foi quem teve o pior resultado no jogo de ida. Agora, precisarão de uma “remontada” dentro da Argentina, onde os times do Brasil não costumam ir bem.

Se vale de apoio, o Rosario venceu apenas duas das oito últimas partidas em seu estádio, o Gigante de Arroyito. Este é o pior momento da equipe na temporada, apesar da boa vitória em Porto Alegre. O Central chegou a liderar o Campeonato Argentino por um bom período e, agora, já não tem mais chances de título – o que significa foco total na Libertadores.

Eliminado do Gauchão, o Grêmio se concentrou no Rosario, durante toda a semana. Na primeira fase, o tricolor classificou com a segunda colocação do chamado “grupo da morte”. Passaram com apenas uma derrota (2-0 para o Toluca, fora de casa). Nas outras duas partidas longe de Porto Alegre, apenas um dos resultados classificaria o tricolor nesta quinta: a vitória por 3-2 contra a LDU.

Já o Rosario, classificou na liderança do Grupo 2. Conquistou apenas cinco pontos dentro do Gigante de Arroyito, mas os seis pontos fora de casa lhe deram a primeira colocação da chave. Um curioso retrospecto, que mostra como os argentinos souberam atuar longe de seus domínios, enquanto não foram tão bem dentro deles.

Contundido durante a semana, Wallace Oliveira desfalca os gaúchos no jogo desta quinta. Pedro Geromel também é dúvida para a partida decisiva. Roger Carvalho deve manter a mesma base que enfrentou o Rosario no jogo de ida, começando com: Marcelo Grohe; Ramiro, Bressan, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano e Douglas; Luan e Miller Bolaños.

Fique ligado às fantásticas promoções que temos para lhe oferecer e não se esqueça que apostar ao vivo é aqui na SuperAposta!

Comments are closed.