São Paulo – Internacional ; 22/05 21:00 – Campeonato Brasileiro

Campeonato Brasileiro

 

 

2ª Rodada do Brasileirão!

A primeira rodada não empolgou. Com apenas 14 gols nas 10 partidas, o Brasileirão 2016 teve, em seus jogos de abertura, a rodada com menor média de gols da história dos pontos corridos. Agora, as equipes se preparam para novos bons confrontos pela segunda rodada..

No sábado, o Palmeiras vai ao interior de São Paulo para enfrentar a Ponte Preta, em partida que abre a segunda rodada. Ambas equipes fizeram estreias que agradaram suas torcidas, cumprindo com as expectativas nelas colocadas, antes do Campeonato começar.

A Macaca empatou sem gols contra o Figueirense, fora de casa. Contra um adversário que, assim como a Ponte, é cotado para brigar contra o rebaixamento, um empate longe de Campinas não foi um mau resultado.

Já o Palmeiras foi quem mais empolgou na primeira rodada do Brasileirão. Se já eram uma das favoritas ao título, a apresentação de luxo do último sábado os credencia ainda mais para essa condição. Cuca mostrou que soube trabalhar bem o tempo que teve para preparar a equipe, e o Verdão fez sua melhor apresentação na temporada, culminando na goleada por 4 a 0 no Atlético Paranaense.

No Paulistão, os dois times estavam no mesmo grupo. Na ocasião, o Palmeiras ficou com a primeira colocação, enquanto a Ponte Preta foi eliminada, terminando em terceiro. Como estavam na mesma chave, não se enfrentaram pelo Estadual.

Superaposta

Códigos de bônus: SuperApostar

No entanto, o histórico de confrontos é vasto. Já se enfrentaram 107 vezes, com 51 vitórias do time da capital, 27 do time do interior e 29 empates. Em Campinas, aconteceram 54 partidas das 107. Dessas, a Macaca venceu 20, contra 19 vitórias do Verdão e 15 empates. Se contarmos apenas partidas do Brasileirão e com mando da Ponte, o alvinegro também leva vantagem: 5 vitórias, 3 empates e 3 derrotas.

Começou o Brasileirão! Aproveite e comece já a ganhar com a SuperAposta, cadastre-se e beneficie dos nossos fantásticos bônus de boas vindas.

Para o jogo deste domingo, a Ponte Preta não tem nenhum grande desfalque. Pelo contrário, o atacante Roger, contratado para o Brasileirão, entrou no segundo tempo da última partida e, agora, deve estrear no time titular. Roger, inclusive, já teve algumas passagens pelo Moisés Lucarelli e foi artilheiro do Paulistão 2016, defendendo o Red Bull Brasil.

Eduardo Baptista, então, provavelmente iniciará o jogo com: João Carlos; Jeferson, Douglas Grolli, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Matheus Jesus, Ravanelli e Clayson; Roger e Wellington Paulista.

Gabriel, volante do Palmeiras, voltou a se machucar e desfalcará o Verdão por, no mínimo, quatro meses. Apesar de ser uma grande baixa para o elenco, ele já havia ficado no banco na última partida e não deve atrapalhar as ideias de Cuca para o time titular. Com isso, o alviverde deve levar a campo o seguinte time titular: Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Jean e Matheus Sales; Roger Guedes, Cleiton Xavier e Gabriel Jesus; Lucas Barrios (Alecsandro).

SuperAposta, faça já a sua! Aproveite também para ler nosso Guia do Brasileirão, e se preparare para a maior competição do Brasil!

Motivados com a vaga entre as quatro melhores equipes do continente, o São Paulo vai para a partida deste final de semana jogando o seu melhor futebol da temporada. A Libertadores volta apenas em julho, o que dará, a Bauza e seus comandados, tempo suficiente para focarem no Campeonato Brasileiro e se prepararem, ainda mais, para as semifinais.

Já o Internacional não chega com tanta motivação. Apesar do título gaúcho, a equipe fez uma estreia nada animadora na competição nacional. Jogando em casa, o time treinado por Argel não conseguiu impor o jogo contra a Chapecoense. Com exceção da penalidade desperdiçada por Paulão, o colorado pouco criou e não conseguiu tirar o zero do placar.

Nos últimos anos, criou-se uma grande rivalidade entre Internacional e São Paulo. Muito pelo fato das equipes terem se enfrentado nos estágios finais da Libertadores por duas vezes em pouco tempo. O colorado saiu vencedor nas duas oportunidades – quando venceu o tricolor na final, em 2006, e quando conquistou a vaga na final, ao bater os rivais paulistas na semifinal, em 2010.

Outro fato que esquentou a relação entre as equipes foi a negociação de Oscar, hoje no Chelsea. Formado nas categorias de base do São Paulo, o meia se transferiu para o Internacional sem custos, ainda antes de virar profissional pelo tricolor. A diretoria do clube paulista não aceita até hoje e chegou até a levar o caso à justiça.

Além dos fatos recentes, há uma rica história de confrontos entre os times, que, por si só, já seria algo para apimentar os embates. Das 65 vezes em que se enfrentaram, os paulistas venceram mais, com 25 vitórias, contra 19 dos gaúchos e 21 empates. De 2013 para cá, o domínio do São Paulo é absoluto: três vitórias do tricolor, dois empates e nenhuma vitória colorada.

Para a partida deste domingo, o São Paulo não conta com nenhum desfalque recente, além dos já conhecidos, como Breno, Carlinhos e João Scmidt – este, bem perto de voltar. Assim sendo, Bauza, que não tem, por enquanto, a Libertadores para priorizar, deve levar força máxima a campo, iniciando a partida com: Dênis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson e Thiago Mendes; Kelvin, Ganso e Michel Bastos; Calleri.

Do outro lado, o Internacional tem Anderson, com lesão no tendão, entrando no departamento médico, que já conta com Valdivia, que se recupera de lesão no joelho desde o ano passado. Além do meia, o goleiro Alisson, vendido para a Roma, fez sua última partida pelo clube domingo passado e, agora, será substituído por Danilo Fernandes. Então, Argel deve levar a campo: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho e Andrigo; Eduardo Sasha, Vitinho e Aylon.

Fique ligado às fantásticas promoções que temos para lhe oferecer e não se esqueça que apostar ao vivo é aqui na SuperAposta!

Comments are closed.